Pular para o conteúdo

Como usar o crédito aprovado do precatório para pagamento de dívidas

precatório para pagamento de dívidas

O uso de precatório para pagamento de dívidas ainda é uma opção que poucas pessoas conhecem. Por esse motivo, várias pessoas transformam suas dívidas em uma bola de neve, buscam empréstimos com taxas abusivas ou até mesmo ficam com o nome restrito.

Contudo, entender que um precatório pode ser um valor de liquidez imediata, sem parcelas e que pode ficar disponível em pouco tempo para o dono do título, é uma saída inteligente para colocar as finanças em dia.

Para entender melhor sobre o assunto, a Precato dá continuidade ao especial sobre as vantagens de acessar o crédito sem prestação e usar seu precatório para pagamento de dívidas. Confira conosco e boa leitura!

Outros artigos do nosso Especial Precato:

Porque o precatório é um crédito sem prestações e o que fazer com o dinheiro

Financiar casa ou carro: que decisão tomar quando se possui um precatório

Principais cenários de pagamento de dívidas

De modo geral, quem possui dívidas em aberto, costuma recorrer às primeiras opções que aparecem. Por exemplo, ao crédito pessoal, consignado, rotativo do cartão ou mesmo ao parcelamento com juros.

Em todos os casos, há taxas e juros que transformam o valor final da dívida em uma quantia muito maior do que o saldo devedor. Além disso, eles geram parcelas mensais que podem comprometer o orçamento familiar ou ainda impedir novos gastos.

Contudo, há casos em que pessoas que possuem um precatório escolhem essas alternativas apenas por desconhecer que o título que possui é um crédito imediato e sem parcelas futuras a se pagar.

Por exemplo, de acordo com dados levantados pela Precato, mais de 30% dos aposentados com precatórios a receber recorrem ao crédito consignado para quitar dívidas. Neste caso, eles poderiam usar o precatório através da liquidez imediata do título e com um valor absoluto muito maior.

precatório para pagamento de dívidas

Como usar um precatório para pagamento de dívidas

Através da negociação do título com empresas que compram precatórios, o cliente pode acessar um valor significativo e ter de forma ágil e segura, o dinheiro necessário para quitar suas dívidas. Isso porque, enquanto título público, quem possui o precatório não o inclui em seu patrimônio. Contudo, ao transformá-lo em crédito sem prestações, é possível ter em mãos uma boa quantia de dinheiro para amortizar ou quitar pendências financeiras.

E o melhor: você passa a ter condições de negociar a dívida ou zerá-la sem precisar assumir parcelas mensais ou pagar juros exorbitantes. Além disso, em muitas das vezes, há a possibilidade de sobrar um valor extra.

Para isso, é só contatar a Precato e receber orientações sobre como utilizar seu crédito sem prestações do precatório para pagamento de dívidas.Quer saber mais?.Entre em contato com um de nossos especialistas e aproveite seu crédito sem contrapartida agora mesmo! Para outros conteúdos como este, continue conosco aqui no Blog da Precato.

Matheus Alvarenga

Especialista em direitos creditórios e sócio da Precato, empresa líder no Brasil em antecipação de Precatórios Federais. Atua desde 2012 no mercado financeiro, com mais de R$ 1 bilhão intermediados em suas operações.

Recomendados para você
Voltar ao Topo