× Home Vidas Impactadas Carreiras Advogados Fale Conosco   search
 

Parcelamento de precatórios: veja como pode ficar o pagamento

matheus-alvarenga
17 de novembro de 2021
Parcelamento de precatórios: veja como pode ficar o pagamento

O parcelamento de precatórios está cada vez mais próximo de se tornar uma realidade e alterar completamente a forma de pagamento desta modalidade de título público. 

No dia 9 de novembro, a Câmara dos Deputados aprovou em segundo turno a chamada PEC dos Precatórios.

A proposta teve 323 votos a favor e 172 votos contrários, além de uma abstenção. Mesmo com a rejeição de quatro pontos do texto, ele seguirá para análise do Senado, onde terá votação também em dois turnos.

Nessa fase, é preciso que dois terços dos 81 senadores votem a favor da proposta de parcelamento de precatórios, que então passará para a sanção presidencial.

Se a PEC for aprovada, os precatórios federais poderão ser pagos em parcelas. Com isso, alguns títulos, a depender do valor, levarão até 10 anos para serem inteiramente pagos aos credores.

Abaixo, explicamos como fica o cenário caso a proposta seja aprovada, e como isso afeta os credores. Entenda!

Como é feito o pagamento de precatórios?

Primeiramente, antes de entender o parcelamento de precatórios, é preciso recordar como eles são pagos atualmente no âmbito federal. 

Conforme já explicamos em outros artigos, os precatórios federais são títulos de pagamento emitidos após uma ação judicial contra o Governo Federal. Após o julgamento, eles precisam entrar na Lei Orçamentária Anual para, então, serem pagos conforme o calendário da União.

Em resumo, os precatórios são pagos atualmente no prazo máximo de dois anos e meio, em sua totalidade. 

Historicamente, a LOA costuma ser publicada em setembro. Com isso, a previsão de pagamento é de até dezembro do ano seguinte, para precatórios expedidos no primeiro semestre.

Já os títulos expedidos no segundo semestre ficam para o ano subsequente, totalizando o prazo máximo de dois anos e meio para o pagamento.

Uma vez sendo listado na LOA, o credor recebe o pagamento do precatório integralmente, de uma só vez. Contudo, se o parcelamento de precatórios federais for aprovado, esse tempo poderá ser muito maior.

Como fica o pagamento com o parcelamento de precatórios?

Caso seja aprovada pelo Senado, o parcelamento de precatórios federais pode se tornar realidade. Com ele, uma vez que forem incluídos na LOA, os credores podem demorar até 10 anos para receber o pagamento total.

O que a PEC define é que, de acordo com o valor do título, o credor poderá ter esse montante parcelado em até uma década. 

mao moedas parcelamento de precatorios pode chegar a 10 anos

De acordo com a proposta, o parcelamento de precatórios seria ocorreria, em 10 parcelas anuais, para todos os títulos com valor superior a R$66 milhões

Além disso, também haveria a possibilidade de parcelamento para títulos com valores menores. Assim, os precatórios com valor superior a 2,6% da receita corrente líquida da União também poderão ser parcelados.

Essa porcentagem teria um valor estimado de aproximadamente R$450 mil.

Parcelamento de precatórios: o que foi decidido? 

A decisão, até o momento aprovada na Câmara do Deputados, indica que o parcelamento de precatórios acima de R$66 milhões seria feito da seguinte forma: uma entrada de 15% e outras nove prestações anuais de igual valor. Tal medida valeria até 2029.

Para os demais precatórios, seria feito o parcelamento de forma escalonada, a partir dos títulos federais de maior valor até o limite de 2,6% da receita líquida da União. Da mesma forma, seriam 10 parcelas anuais.

Lembrando que esse limite equivale a aproximadamente R$450 mil, um valor estimado.

Apenas abaixo deste valor não haveria o parcelamento de precatórios e o credor receberia em uma parcela única, da forma como é feito atualmente.

Além disso, a PEC também dá margem para o parcelamento de qualquer outro precatório federal.

Mesmo que o ministro da economia Paulo Guedes afirme que existe a possibilidade do pagamento à vista dos precatórios entre R$66 mil e R$450 mil, a proposta permite o parcelamento dos pagamentos, se isso for visto como necessário pelo orçamento federal.

Para isso, seriam considerados os precatórios de maior valor como os primeiros a entrarem na medida.

Entenda a PEC dos Precatórios

A PEC que propõe o parcelamento de precatórios foi apresentada pelo Governo Federal com a justificativa de abrir espaço fiscal no Orçamento da União. 

Dessa forma, cria-se um teto de R$40 bilhões para estes pagamentos e permite que o benefício assistencial do Auxílio Brasil, no valor de R$400, utilize deste dinheiro para a implantação do programa.

Sem a PEC dos Precatórios, o governo teria que desembolsar R$89,1 bilhões para o pagamento de precatórios em 2022, conforme a LOA apresentada em setembro.

Como consultar pagamento de precatórios?

Para realizar a consulta do pagamento de precatórios, é preciso, primeiramente, entender sobre o calendário de pagamentos. Um precatório expedido precisa ser incluído na Lei Orçamentária Anual (LOA) para, posteriormente, ser pago.

mao mouse parcelamento de precatorios como fazer a consulta precato

Caso ele seja incluído até a data de 1º de julho, ele será pago até o último dia útil do ano seguinte. Após esta data, o prazo final é até dezembro do ano seguinte. Ou seja, um precatório emitido neste mês (novembro), tem prazo para pagamento da União até 2023.

Nós já ensinamos como fazer a consulta de precatório, e lembramos que ela deve ser feita junto ao tribunal que emitiu a sentença.

Antecipe o pagamento e escape do parcelamento de precatórios

Agora que você já sabe mais sobre o parcelamento de precatórios, como ele poderá acontecer e seus impactos, você precisa conhecer a Precato.

Em um momento de dúvidas e receio sobre o futuro no recebimento do seu precatório, a Precato pode antecipar, de modo ágil e transparente, o pagamento do seu título federal.

A venda de precatórios é uma alternativa totalmente segura e simples para quem não quer esperar mais para receber da União e pretende realizar seus projetos e sonhos. 

Afinal, para que aguardar um longo prazo, que pode se tornar ainda maior em breve, se você pode ter o seu dinheiro em mãos dentro de 24 horas?

Para saber mais sobre antecipação de precatórios, entre em contato conosco preenchendo um formulário ou por nosso WhatsApp, no número (31) 3831-7992

E não deixe de conferir outros artigos sobre o assunto no Blog da Precato.

Precato

Matheus Alvarenga

Matheus Alvarenga é especialista em direitos creditórios, com foco em Precatórios Federais. Em 2015 ingressou no curso de graduação em Administração de Empresas na FUNCESI (Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira - MG), no ano de 2019 certificou-se pela StartSe no Executive Program, Economia e Gestão Empresarial. Atua desde 2012 no mercado financeiro, e atualmente é sócio e Gerente Comercial na Precato, empresa líder no mercado de antecipação de Precatórios Federais do Brasil, com mais de 800 milhões de reais intermediados em suas operações.

COMENTE

ARTIGOS RELACIONADOS

Número do precatório: saiba como descobrir pela internet

O número do precatório é uma das formas que pessoas ou empresas que ganharam uma causa contra o poder...

Continue Lendo >

Precatórios com pagamento em 2022: lista já foi divulgada

A lista dos precatórios com pagamento previsto em 2022 teve sua divulgação feita pelo Ministério da Economia neste mês...

Continue Lendo >

Ofício requisitório: saiba como ele gera precatórios e RPVs

O ofício requisitório é um documento gerado após todo um processo que transitou e teve julgamento procedente. Ele é...

Continue Lendo >